Missão Profética

Assim como o Filho foi enviado pelo Pai, assim também Ele enviou os Apóstolos dizendo: «ide, pois, ensinai todas as gentes, baptizai-as em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo, ensinai-as a observar tudo aquilo que vos mandei.

Eis que estou convosco todos os dias até à consumação dos séculos» (Mt.28,19-20).

A Igreja recebeu dos Apóstolos este mandato solene de Cristo, de anunciar a verdade da salvação e de a levar até aos confins da terra. Faz, portanto, suas as palavras do Apóstolo: «ai de mim, se não pregar o Evangelho». (ICor.9,16)

Pregando o Evangelho, a Igreja atrai os ouvintes a crer e confessar a fé, dispõe para o Batismo, liberta da escravidão do erro e incorpora-os a Cristo, a fim de que n ’Ele cresçam pela Caridade, até à plenitude. (LG.17)

Catequese

Infância e Adolescência

A catequese é uma das ações pastorais de maior importância na vida cristã e de cada comunidade, pelo lugar que ocupa na educação da fé das crianças, jovens e adultos.

Na catequese paroquial queremos apresentar Jesus às crianças e inseri-las na vida da comunidade desde os 6 anos, mediante inscrição que é feita no mês de Setembro.

A catequese acompanha a fase da infância e a fase da adolescência.

Frequentam a catequese, no ano pastoral 2011-2012 cerca de 500 crianças sendo 355 da fase da infância. A catequese é assegurada por 26 catequistas titulares e 9 auxiliares. A coordenação é feita pelo senhor Padre Silvano Vasconcelos com a equipa coordenadora.

A catequese divide-se em 4 etapas:

INFÂNCIA

I. Etapa – 1º, 2º e 3º anos – Inserção na comunidade
II. Etapa – 4º, 5º e 6º anos – A vida da fé

ADOLESCÊNCIA

III. Etapa – 7º e 8º anos – Sentido cristão da vida
IV. Etapa – 9º e 10º anos – Compromisso cristão

Antes de iniciar o ano catequético os pais têm um encontro com o futuro catequista para que se conheçam bem, para que falem do seu filho e comecem a estabelecer uma relação com o catequista. Atribuímos grande valor a este primeiro acolhimento no qual ficamos a conhecer-nos mutuamente.

Os encontros de catequese têm lugar aos sábados das 18h às 19h e aos domingos das 9h às 10h e logo que termine a missa da catequese das 11h às 12h.

A coordenação apresenta o programa anual de catequese com as principais solenidades, assim como as principais atividades da catequese. Algumas atividades da catequese são específicas da nossa paróquia.

Festas do itinerário catequético:

  • 1º Ano — Festa do Acolhimento
  • 2º Ano — Festa do Pai­ Nosso
  • 3º Ano — Festa do Perdão e da 1ª Comunhão
  • 4º Ano — Festa da Palavra
  • 5º Ano — Festa da Aliança
  • 6º Ano — Festa da Profissão de Fé
  • 7º Ano — Festa das Bem-Aventuranças
  • 8º Ano — Festa da Vida
  • 9º Ano — Festa do Compromisso
  • 10º Ano — Festa do Envio

Outras atividades:

  • Advento
  • Árvore da Vida (Natal)
  • Hora Santa
  • Dia do Pai
  • Largada de balões no domingo da Ressurreição do Senhor
  • Dia da Mãe
  • Domingo de Pentecostes
  • Festa dos Avós

Pastoral Familiar

Nos nossos dias, num mundo muitas vezes estranho e até hostil à fé, as famílias crentes são de primordial importância, como focos de fé viva e irradiante.

É por isso que o II Concílio do Vaticano chama à família, segundo uma antiga expressão, «Ecclesia domestica – Igreja doméstica».

É no seio da família que os pais são, pela palavra e pelo exemplo, os primeiros arautos da fé para os seus filhos, ao serviço da vocação própria de cada um e muito especialmente da vocação consagrada. CIC 1656

Apostolado da Oração

É “uma associação de fiéis que, pelo oferecimento diário de si mesmos, se unem ao sacrifício eucarístico, em que se realiza perenemente a obra da nossa redenção, e assim, pela união vital com Cristo, da qual depende a fecundidade do apostolado, colaboram na salvação do mundo”.

O Apostolado de Oração é um serviço à Igreja e à Humanidade, procurando que todos rezem por todos, fazendo assim uma grande família de Orantes.

Este movimento foi fundado em 1844 em França e chegou a Portugal em 1864. Na nossa paróquia de Nossa Senhora do Rosário da Lagoa, foi fundado em 1867.

Presentemente é composto pelo Diretor Espiritual Padre Silvano António Cabral Vasconcelos, Presidente Maria do Céu Tavares de Medeiros, Secretária Raquel Simas Cardoso, Tesoureira Maria do Carmo Martins Correia, com mais 12 zeladoras e 420 associados.

Na última segunda-feira de cada mês, temos a reunião mensal com o Diretor Espiritual, para em conjunto estudarem e refletirem sobre os temas atuais, que mais preocupam o Santo Padre e nos unirmos em oração às suas intenções.

Na primeira sexta-feira do mês Hora Santa Eucarística com a maior parte dos membros, seguida de Missa por todos os Associados e Zeladoras vivos e falecidos.

Na Quaresma às quintas-feiras Adoração ao Santíssimo Sacramento e no Lausperene no primeiro domingo da Quaresma com a participação ativa de todas as Zeladoras e associados.

Tríduo e Festa anual do Coração de Jesus com a consagração de todas as Zeladoras.

Colaboração nas atividades da Igreja por ocasião das Festas e na limpeza e arranjo das toalhas dos altares. Distribuição do Bilhete Mensal “Oração e Vida” e dos cartões da Liga Eucarística.

Romeiros

O Grupo Paroquial de Romeiros de Nossa Senhora do Rosário (GPRNSR) é um conjunto de católicos que já integraram Romarias Quaresmais, tendo como Assistente Espiritual o respetivo Pároco, e que tem por finalidade a oração comunitária, ações sócio caritativas, a formação religiosa dos seus membros e a organização das romarias quaresmais. Simultaneamente muitos dos membros do GPRNSR estão integrados em outros movimentos paroquiais como por exemplo, catequistas, cáritas, leitores, CPM.

No plano de atividades do GPRNSR constam reuniões mensais, animação das Eucaristias do último Sábado de cada mês (cânticos e leituras), participação nas procissões paroquiais, co- organização da peregrinação ao Senhor Santo Cristo dos Milagres e romaria quaresmal.

Desde 2005, por força da entrada em vigor dos novos regulamentos dos Romeiros de São Miguel, o Rancho de Romeiros de Nossa Senhora do Rosário, sai para a sua romaria quaresmal na quinta-feira anterior ao Domingo de Ramos e entra na paróquia na quinta-feira Santa. Tal como todos os outros ranchos, caminha sempre com o mar à sua esquerda e percorre a ilha de São Miguel no sentido dos ponteiros do relógio. Sai de madrugada, antes de o sol nascer, e entra para a pernoita nas localidades ao pôr-do-sol. A primeira pernoita deste rancho é na Relva, a segunda no Pilar da Bretanha, a terceira na Ribeirinha, a quarta na Achadinha, a quinta na Pedreira do Nordeste, a sexta na Lomba do Pomar e a sétima e última na Ponta Garça.

Os responsáveis do GPRNSR são os mesmos do Rancho de Romeiros de Nossa Senhora do Rosário: Paulo Jorge Amaral Borges (mestre); Américo Lopes (contramestre); Nuno Medeiros (procurador das almas); Juvenal Dinis e Duarte Cordeiro (guias); Eduardo Borges, José Reis e Ricardo Amorim (ajudantes).